Home Últimas Notícias Como proceder em caso de furto na Flórida

Como proceder em caso de furto na Flórida

3773
0
SHARE

O Consulado-Geral registra, com frequência, relatos de viajantes brasileiros que tiveram pertences e documentos furtados durante sua estada na Flórida.

No ano passado, o Consulado tomou conhecimento de 269 furtos de turistas brasileiros. Neste ano, até o momento, foram relatados 93 casos. Boa parte dos furtos acontece em estacionamentos de shoppings, supermercados e restaurantes.

No entanto, os números de furtos registrados indicam que a incidência é pequena em face do volume absoluto de visitantes brasileiros na Flórida. Segundo dados do Visit Florida (organização de natureza público-privada vinculada ao governo estadual), o estado norte-americano recebeu 1.051 milhão de brasileiros em 2016. Em 2015, foram 1.475 milhão.

É importante ter presente que nem todos os brasileiros vítimas de furtos registram seus casos no Consulado-Geral. Além de prestar assistência consular cabível, o Consulado-Geral mantém contato direto com autoridades policiais locais e instituições ligadas ao turismo a fim de, em coordenação, prevenir e assistir os viajantes vítimas de furtos na Flórida.

1. Dicas para prevenir-se de furtos:

a) Estacione seu veículo em local seguro;

b) Jamais deixe pertences no veículo (como passaportes, sacolas de compras, produtos eletrônicos);

c) Na praia, não deixe seus pertences desacompanhados;

d) Não entregue seus pertences a estranhos (ex: ao experimentar roupas em lojas de vestuário, não permita que o vendedor guarde seus pertences); e

e) Fique ainda mais atento em locais movimentados e frequentados por turistas, como centros de compras, hotéis, parques temáticos e estacionamentos (pagos ou não).

Os turistas de passagem pela Flórida devem adotar as mesmas precauções que teriam em qualquer grande centro urbano.

2. Em caso de furto:

a) Contatar a polícia local pelo telefone 911 a fim de registrar queixa (“file a report”);

b) Contatar o Consulado-Geral em Miami a fim de comunicar o ocorrido, em especial em caso de perda de documentos; e

c) Tão logo regresse ao Brasil, comunique o fato também às autoridades policiais brasileiras e aos órgãos emissores dos documentos furtados.

Após contato com a polícia pelo telefone 911, as vítimas podem comunicar-se com o Consulado-Geral por intermédio dos telefones (305)-285-6208/6258/6251 ou pelo correio eletrônico “assistência.miami@itamaraty.gov.br”.

Nos fins de semana, feriados e fora do horário de expediente, o Consulado mantém serviço de plantão, exclusivamente para os casos de comprovada emergência (falecimento, hospitalização e prisão), por meio do telefone (305) 801-6201.

Fonte: Consulado-Geral do Brasil em Miami 

Dica importante:
Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois nos Estados Unidos não há saúde pública, e qualquer problema de saúde pode resultar em uma conta alta de hospital ou pronto-socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca! Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: ORLANDOEMVISTA5.

Quer achar o hotel ideal para a sua viagem? Somos parceiros do Booking, um comparador de hotéis que tem garantia de menor preço e opção de cancelamento gratuito. Faça a sua reserva de hotel através do nosso link. Você não paga nada a mais por isso.

Já saia do Brasil com seu chip internacional funcionando no celular. Você pode economizar no GPS e estar sempre em contato com a família e amigos, desde o início da sua viagem ainda no Brasil e já na chegada aos Estados Unidos. Assine a Orlando em Revista e o chip para até 30 dias de utilização é gratuito para a sua próxima viagem, com internet ilimitada e ligações para os Estados Unidos.
SHARE
Previous articleComemorando o Dia dos Namorados em Orlando
Next articleMickey’s Very Merry Christmas Party 2017: A Festa de Natal da Disney
Luciana é apaixonada por Orlando desde a primeira vez que visitou em 1983. Depois desta data, retornou diversas vezes à cidade, acompanhando o desenvolvimento do destino durante todos estes anos. Com uma carreira em comunicação, ajudou a criar o site que já nasceu com o nome "Orlando em Revista", e tornou-se uma revista impressa e digital que traz as útlimas informações sobre o destino, publicada em português e inglês (Orlando in Review).