Home Parques Temáticos Epcot As novas experiências oferecidas na atração Mission Space do Epcot

As novas experiências oferecidas na atração Mission Space do Epcot

1730
0
SHARE

O Epcot reabre a atração Mission:SPACE com duas novas experiências. Os videos de apresentação agora trazem a atriz Gina Torres, ao invés de Gary Sinise. Gina fez os filmes Matrix, Hannibal, deu voz a personagem da animação Star Wars Rebels e está na série de televisão Final Space.

Assim como na versão anterior, são duas opções oferecidas – uma experiência verde e outra laranja – e um grande aviso na porta dá informações do que encontrar em cada uma delas. Ambas as experiências são simuladores. A diferença, é que na laranja o carrinho gira em alta velocidade e os movimentos são mais intensos. 

Experiência verde:

A experiência é um lançamento a bordo de um ônibus espacial pela órbita da Terra. São quatro pessoas em cada veículo que assumem papéis diferentes na missão. Durante o trajeto vemos as luzes das cidades, a aurora boreal, e precisamos “auxiliar” o pouso no Kennedy Space Center, em meio a uma tempestade. Os botões que você aperta não fazem muita diferença na experiência, mas é muito legal a brincadeira e imaginar que você está “ajudando” a pousar a nave.

Se você estiver em dúvida em qual experiência escolher, comece pela verde. A atração agora diminuiu o requerimento de altura mínima de 111cm para 102cm, e os pequenininhos ainda contam com a ajuda de boosters para ajustar a altura correta para eles poderem “pilotar” a nave.

Experiência laranja:

A experiência laranja oferece uma missão para o planeta Marte, em um simulador de intensidade bem maior que a verde. Além dos movimentos que simulam as manobras da nave, o carrinho utiliza a força centrífuga com giros em alta velocidade para simular a ausência de gravidade. A sensação pode provocar enjoo durante e depois da experiência, portanto, recomendamos primeiro ter a experiência na opção verde. Ela gera uma certa pressão na cabeça e uma sensação “estranha” no corpo de falta de gravidade, mas com videos em alta tecnologia, o efeito de tontura e mal estar não é tão forte nesta nova versão. 

O veículo é bem apertado, tanto na experiência verde quanto na laranja, e os controles ficam bem próximos ao corpo, portanto algumas pessoas podem sentir claustrofobia. Se tiver dúvida, vá até o veículo e veja se você se sente confortável com a situação, caso não esteja, chame um Cast Member e peça para sair. Você ainda pode ambientar-se com a experiência, participando de algumas atividades no Advanced Training Lab que fica na saída da atração.

Veja a nossa experiência na missão verde:

Dica importante:
Não esqueça de fazer o seu Seguro de Viagem, pois nos Estados Unidos não há saúde pública, e qualquer problema de saúde pode resultar em uma conta alta de hospital ou pronto-socorro. Nós não viajamos sem seguro nunca! Faça sua cotação para encontrar o seguro que você precisa. Você pode pagar em até 12x no cartão ou ter desconto de 5% no boleto. Nossos leitores ainda recebem um desconto de 5% na hora de pagar. Use o código promocional: ORLANDOEMVISTA5.

Quer achar o hotel ideal para a sua viagem? Somos parceiros do Booking, um comparador de hotéis que tem garantia de menor preço e opção de cancelamento gratuito. Faça a sua reserva de hotel através do nosso link. Você não paga nada a mais por isso.

Já saia do Brasil com seu chip internacional funcionando no celular. Você pode economizar no GPS e estar sempre em contato com a família e amigos, desde o início da sua viagem ainda no Brasil e já na chegada aos Estados Unidos. Assine a Orlando em Revista e o chip para até 30 dias de utilização é gratuito para a sua próxima viagem, com internet ilimitada e ligações para os Estados Unidos.
SHARE
Previous articleEclipse solar será visível de Orlando
Next articleKrispy Kreme lança sabor especial em comemoração ao eclipse solar
Luciana é apaixonada por Orlando desde a primeira vez que visitou em 1983. Depois desta data, retornou diversas vezes à cidade, acompanhando o desenvolvimento do destino durante todos estes anos. Com uma carreira em comunicação, ajudou a criar o site que já nasceu com o nome "Orlando em Revista", e tornou-se uma revista impressa e digital que traz as útlimas informações sobre o destino, publicada em português e inglês (Orlando in Review).